Economia




Usina da região recebe certificação I-REC e passa a comercializar créditos de energia renovável


Olímpia, 31 de agosto de 2021 – A Tereos, uma das líderes mundiais na produção de açúcar e etanol e uma das maiores produtoras de energia a partir da fonte biomassa no país, acaba de receber a certificação I-REC. O sistema, atualmente reconhecido por cerca de 70 países, permite que a companhia garanta que a energia produzida em suas unidades é proveniente de fontes renováveis e limpas. A certificação gera créditos de energia renovável que podem ser comercializados pela empresa, fortalecendo, assim, os valores ESG da Tereos, clientes e parceiros.

De acordo com Gustavo Segantini, diretor comercial da Tereos, a sustentabilidade é um dos pilares fundamentais da companhia. “Nossa matéria-prima, a cana-de-açúcar, opera na lógica da economia circular. Em cada etapa do processo produtivo, contamos com práticas sustentáveis que visam aproveitar ao máximo tudo o que a cana oferece, gerando menos resíduos e otimizando recursos”, comenta.

Além de ser realizado por meio de uma fonte limpa e renovável, o processo de cogeração de energia a partir da biomassa da cana reafirma o compromisso da Tereos com a sustentabilidade por meio de ações que reduzem a emissão de gases de efeito estufa, otimizam a captação e uso de água e promovem maior eficiência na produção.

A Tereos possui um potencial de geração de energia de 1,4 milhão MWh para comercialização e a perspectiva é de ter metade desse montante disponível para geração de créditos de energia renovável para negociação no mercado já em 2021 – os chamados “RECS”.

“Com a agenda ESG cada vez mais forte, muitas empresas passaram a adquirir energia somente de fontes geradoras certificadas pelo I-REC. Dessa forma, além de potencializar os ganhos financeiros, a certificação contribui com o fortalecimento do negócio atendendo uma demanda crescente dos nossos clientes e parceiros no mercado”, afirma Segantini.

Energia Verde
Além da certificação I-REC, a Tereos possui também o Selo Energia Verde, idealizado pela UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) em parceria com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e apoio da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (ABRACEEL). O selo é concedido a empresas que produzem energia elétrica a partir da biomassa da cana e cumprem requisitos de sustentabilidade, eficiência energética e boas práticas agrícolas e industriais.

Foto: Divulgação




Últimas Notícias sobre Economia

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Região do bairro São Francisco lidera o ranking de Rio Preto
Ir ao Topo