Rio Preto




Zoológico realiza ação de projeto “Ajudar é o Bicho!”


Zoológico Municipal, órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Rio Preto, participa neste sábado, 16/4, do lançamento da ação “Ajudar é o Bicho!”. A ação é parte de uma campanha nacional de sensibilização sobre o registro de atropelamento de animais, realizada anualmente no mês de novembro, o Dia Nacional de Urubuzar (DNU), organizada pelo Sistema Urubu, uma plataforma tecnológica que coleta dados sobre esses atropelamentos.

A proposta do “Ajudar é o Bicho!” é disseminar ao longo do ano todo a divulgação do Sistema Urubu, que visa registrar e assim contribuir para a diminuição do atropelamento e morte de animais silvestres no Brasil.

É união de forças em prol da redução da morte de animais e gerou a parceria entre a EnvironBIT, Klabin, Universidade Federal de Lavras, Azab (Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil) e dezenas de zoológicos e aquários em todo o Brasil, incluindo o Zoológico de Rio Preto.

O objetivo é conscientizar a sociedade para os impactos causados por rodovias e ferrovias à fauna silvestre e incentivar o uso do app Sistema Urubu, aplicativo que mapeia os pontos com mais ocorrência de atropelamentos e que qualquer pessoa pode baixar gratuitamente.

Estande no Zoo
Um estande com banners, informações e com profissionais que vão ensinar os visitantes a baixar e usar o app Sistema Urubu, estará disponível neste sábado, das 9h às 17h, no deck do recinto dos tamanduás no Zoo de Rio Preto. Um banner com um ‘qrcode’ também ficará disponível ao longo do ano no local. Quem participar, baixando o app, ainda poderá retirar um brinde na saída do Zoo.

Participam da ação, tornando-se embaixadores do projeto, os Zoológicos de Rio Preto, Bauru, Curitiba, Belo Horizonte, Sapucaia do Sul e o Aquário de São Paulo.

Números e ações nacionais
O atropelamento é a causa da morte de 475 milhões de animais silvestres a cada ano, segundo estimativa do Centro Brasileiro de Ecologia de Estradas. Isso significa que 17 óbitos são registrados por segundo e 1,3 milhão de animais morrem atropelados diariamente.

Este número alarmante expõe a realidade de um país de território continental, diverso e com uma malha viária com mais de 1,7 milhões de quilômetros. A grande maioria das mortes, mais de 90%, é de animais de pequeno porte, como os sapos, cobras, ratos. No outro extremo estão dois a três milhões de grandes animais, como as antas, capivaras, lobo-guará, onças, cachorros-do-mato, tamanduá e muito mais.

Entre as ações para reduzir a ocorrência de atropelamento de animais, está a criação de passagens de fauna: uma espécie de corredor que permite o deslocamento dos bichos da fauna local, cruzando estradas e ferrovias, sem o risco de acidentes com veículos. As informações são coletadas por voluntários por meio do aplicativo gratuito Urubu Mobile, que registra a localização da ocorrência no momento em que é feito o registro fotográfico pelo usuário.

Ações locais
O Zoológico Municipal é referência na conservação de espécies brasileiras, incluindo o atendimento a animais silvestres vítimas de ações humanas, como queimadas, atropelamentos e tráfico, resgatados pela Polícia Ambiental, Ibama e Corpo de Bombeiros. No local, eles recebem tratamento e, quando possível, são devolvidos à natureza. Grande parte do plantel da instituição é formada por animais recuperados.

Informações complementares
? Site Ajudar é o Bicho! – http://sistemaurubu.com.br/ajudar-e-o-bicho
? Sistema Urubu | Android – https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.brainweb.tetra.ufla.urubu
? Sistema Urubu | iOS – https://apps.apple.com/br/app/sistema-urubu/id1587404837
? EnvironBIT – https://environbit.com.br/
? Centro Brasileiro de Ecologia de Estradas – https://ecoestradas.com.br/

Foto: Prefeitura de Rio Preto/Divulgação




Últimas Notícias sobre Rio Preto

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
Ir ao Topo