Consumo




Veterano no Comida, Bar do Cidinho vai tentar o pentacampeonato neste ano


O Bar do Cidinho, localizado na Vila Anchieta, em Rio Preto, é o que pode se chamar de herança de família. Em funcionameto desde 1963 quando foi fundado pelo pai de Alcides Lazaro dos Santos, o famoso Cidinho, é um dos estabelecimentos mais tradicionais da cidade na disputa pelo título de melhor boteco e petisco de Rio Preto, o Comida di Buteco.

O bar é um dos oito botecos veteranos na edição do Comida di Buteco. Ao todo, 16 estabelecimentos vão participar da competição, 14 de Rio Preto e dois de Mirassol. O concurso começa no dia 8 de abril e vai até o dia 1º de maio.


Prato leva batatas raladinhas, que são moldadas em formato de mini panelas, e posteriormente assadas e servidas com duas opções de recheio: ragu de ossobuco e fricassê de shimeji

Vai concorrer pela quinta vez, e tentar, segundo o proprietário, chegar ao pentacampeonato. Neste ano, a aposta é a panelinha mix. O prato à base de batatas raladinhas, que são moldadas em formato de mini panelas, e posteriormente assadas e servidas com duas opções de recheio: ragu de ossobuco e fricassê de shimeji, opção para quem não come carne.

Cada porção traz seis panelinhas e o custo é de R$ 27.

O bar foi campeão da competição em 2017, com o Kibertadela; em 2018, com o Carga Pesada; em 2019, com o Pilãozinho Caipira. E, em 2021, o boteco levou o tetracampeonato com o prato costeleti de batata-doce.

História
Alcides Lazaro dos Santos é ex-caminhoneiro que sempre seguiu as tradições da família. O primeiro dono do bar foi o pai dele, que, alguns anos depois, passou para o irmão de Alcides. Após alguns anos à frente do negócio da família, o boteco foi vendido para outro proprietário.

Ainda com a ânsia de seguir com o bar, Alcides, mais conhecido como Cidinho, deixou a profissão de caminhoneiro e em 1984, comprou de novo o estabelecimento.

De acordo com Cidinho, a vocação de comerciante vem de família. “Tudo começou com o meu avô, em Guaraci, lá o bar se chamava Empório dos Santos, e vendia vários tipos de alimentos, bebidas, ingredientes”, finalizou.

Hoje, o Bar é um dos mais antigos da Vila Anchieta. Para o Comida, a expectativa é alta, segunda a filha do comerciante, Cleusa Helena dos Santos Adami. "Nosso faturamento aumenta, e muito, com a competição", afirma. Para servir o petisco concorrente, é dela a sacada diferenciada - bonequinhos que reproduzem o pai, Cidinho, moldados em biscuit. "Sempre que um cliente pedir o prato vai um bonequinho enfeitando o prato", afirma.

O boteco também participa dos outros três desafios do Comida di Buteco, proposta pelos patrocinadores do evento - o Desafio Seara, em que é preciso apresentar um prato com linguiça defumada Seara com o Caldo de Kenga; o Desafio Incrível, com o Searito com molho de queijo, que leva como ingrediente carne moída vegetal e o Desafio da Caipirinha, proposto pela Reserva 51, que vai eleger o melhor drinque da categoria.

Festival
Nesta edição, serão quase 800 botecos disputando a eleição do melhor estabelecimento. Ao todo 21 circuitos, distribuídos de Norte a Sul do País, vão participar da disputa. O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa e como uma real plataforma para conexão e desenvolvimento de suas marcas, realizando ações espontâneas e ambientadas em uma ocasião que faz parte da vida dos brasileiros: O BUTECO. Neste ano, são patrocinadores do evento Santander, Eisenbahn, Piraquê, Seara/Rezende/Incrível, McCain, Heinz, Chandon, Reserva 51.
 
O tema deste ano é “Buteco Vive”, que celebra a cultura e a raiz brasileira. A escolha se deve ao esforço, garra e superação que foram necessários ao comércio para se manter nos últimos anos devido à pandemia. O segmento de bares e restaurantes foi um dos mais afetados - cerca de 30% dos botecos participantes do concurso em todo o Brasil tiveram suas portas fechadas entre 2020 e 2021. 
 
Por isso que o Comida di Buteco continua firme em seu propósito de valorizar pequenos negócios e empreendedores, comercializando petiscos a um preço justo, o que permite aos clientes experimentar cada vez mais botecos por edição.
 
Na última edição, realizada em 2021, o Bar do Cidinho foi campeão do concurso, que disputou com o “costeleti de batata-doce”, uma massa de batata-doce recheada com costela, creme de milho e molho de chimichurri. 
 
História
O Comida di Buteco foi criado em 2000, em Belo Horizonte (MG), como atividade da extinta Rádio Geraes. Hoje, cobre todo o território nacional, sendo realizado simultaneamente em 21 praças e, desde 2016, elege ainda o melhor boteco do Brasil. O concurso, pioneiro no segmento, alcança todas as reuniões do país e se consolida como o maior do gênero em todo território brasileiro. 
 
Os petiscos da competição continuam com o valor fixo de R$ 27 em todo o Brasil. Os bares também poderão participar de dois desafios distintos propostos por patrocinados do evento, que é o desafio da linguiça e o da caipirinha.

Dinâmica
Neste ano, os cozinheiros dos butecos poderão usar sua criatividade sem limites para os petiscos concorrentes. Não há obrigatoriedade de ingredientes.
 
Na primeira etapa, os butecos pré-selecionados apresentam os petiscos criados especialmente para a competição. O público e um corpo de jurados visita, vota e elege o campeão, avaliando quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.
 
O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%. Na segunda etapa, em junho, uma nova comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene).
 
Cada campeão recebe três jurados. Elege-se aí o melhor buteco do brasil, que será conhecido e premiado no mês de Julho.

Patrocinadores 2022
O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa e como uma real plataforma para conexão e desenvolvimento de suas marcas, realizando ações espontâneas e ambientadas em uma ocasião que faz parte da vida dos brasileiros:  O BUTECO.

Eis algumas das principais marcas que estão presentes no Comida di Buteco e que continuam conosco:

Santander e Gastronomia
Com amplo incentivo à gastronomia, o Santander segue atrelando sua marca aos principais eventos do País e atuando próximo a toda cadeia empreendedora do setor, desde o produtor rural até o consumidor final. O Banco atua por meio de seus programas financeiros exclusivos, como o Prospera Santander Microfinanças, que está presente em comunidades desbancarizadas e fala pessoalmente com quem quer prosperar, mas sofre por não ter acesso a crédito e a serviços financeiros. No Farol Santander São Paulo, centro de empreendedorismo, cultura e lazer, a gastronomia também ganhou força como um dos principais eixos de atuação. No subsolo do edifício, onde o cofre do Banco do Estado de São Paulo operava, está instalado o Bar do Cofre SubAstor. Já no 28º andar, foi inaugurado em outubro de 2021 o Boteco do 28 por Bar da Cidade, com um menu que faz referência à culinária da antiga Paulistânia. Os Cafés do Hall e do Mirante completam o roteiro gastronômico do Farol Santander.

Empresas patrocinadoras em  São José do Rio Preto

Cerveja oficial: Eisenbahn
Apresentação: Piraquê
Patrocínio: Santander, Get Net, Seara, Mc Cain
Apoio: Incrível, Heinz, Reserva 51, Zero Cal, Engov After, Chandon, Levity
Apoio Institucional: Abrasel, Acirp, CBN, Comtur, Diário da Região, J.Silva, Prefeitura de Rio Preto, Dickies, Santanense
Promoção: TV Tem

Serviço
Bar do Cidinho

https://www.instagram.com/bardocidinho/
Prato participante – Panelinha mix
Endereço – Rua Capitão José de Castro, 78, Vila Anchieta
Telefone - (17) 3234-9427
Funcionamento – Todos os dias, das 9h às 23h30

Fotos: Elton Rodrigues


Leia mais sobre o Comida di Buteco:

Veterano no Comida, Bar do Cidinho vai tentar o pentacampeonato neste ano
Bar do Gordão estreia no Comida di Buteco com petisco à base de pernil
Música inspira nome do prato do Boteco do Lima
Receita tradicional de família é aposta do Boteco do Marcinho
Prato que valoriza raiz brasileira é aposta do Buteco Du Gaúcho
Recanto do Peixe concorre ao Comida di Buteco com ‘tilápia no espeto’
Fino Sabor investe em receita de família para o Comida di Buteco
De garçom a dono de boteco: a história do estreante Butekário Bar e Comedoria
Dok’s Fried Food quer estrear com ‘pé direito’ no Comida di Buteco
Fidélis Bar da Sombra traz receita da família para o Comida di Buteco
Veterano Gambófa volta para participar pela nona vez do Comida di Buteco
Khea Thai traz culinária típica tailandesa ao Comida di Buteco
Santo Arco busca o título de melhor boteco da região
Mix de pratos mais pedidos é a aposta do Santo Espeto Garagem
Raízes nordestinas inspiram o prato do Skina do Ceará
Sr. Pastel entra na disputa para valorizar pequenos empreendedores de Mirassol




Últimas Notícias sobre Consumo

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
Ir ao Topo