Consumo




Techs com algo a dizer


Eles são jovens, criativos, têm feeling para as oportunidades de mercado e desenvolvem negócios que, além de proporcionarem condições para uma rápida expansão, também são movidos pelo sentido de propósito, como promover bem-estar animal e ajudar a reduzir a perigosa combinação entre álcool e direção por motoristas.

Criadores das startups CompreGados e Bebidas Online, que operam por meio de serviços de aplicativos, Gabriel Medeiros Santos, 28 anos, e Ciro Thiago Neto, 26, têm chamado a atenção pela velocidade do crescimento das duas empresas. Mas os objetivos dos jovens empresários rio-pretenses vão muito além disso.

A parceria entre Gabriel e Ciro começou pelo CompreGados. Filho de pecuarista e desde pequeno envolvido no universo dos leilões, Ciro propôs para Gabriel a criação de um aplicativo que tornasse mais simples o processo de compra e venda de gado e outros animais. Mas não era só isso: havia o desejo de evitar que os animais tivessem desgastes provenientes do manejo da fazenda até leilões e feiras agropecuárias, onde esses animais são comercializados.

A parceria deu certo. O aplicativo CompreGados já movimentou R$ 1,5 bilhão em dois anos em operação. Já foram anunciados na plataforma mais de 500 mil animais, individualmente e em lotes, principalmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Goiás e Paraná. 

Recentemente, a plataforma passou por atualização e agora também permite a compra e venda de todo tipo de propriedade rural e de maquinários como tratores, colhedeiras e vagões. Tudo com anúncios gratuitos para os usuários.  

A diferença do app é juntar a ponta compradora com a ponta vendedora em uma plataforma bastante intuitiva, simples de usar. Em 2020/21, com a suspensão de leilões presenciais e feiras por conta da pandemia, o aplicativo “explodiu”. Hoje, o CompreGados, segundo Ciro, já está avaliado em R$ 4 bilhões. 



Rápida e gelada

Certo dia, durante um churrasco, já com o CompreGados rodando, Ciro Thiago e Gabriel Santos tiveram uma outra ideia que rapidamente se materializou no app Bebidas Online. 

“Às vezes, você está em um churrasco, acaba alguma coisa e alguém precisa sair para comprar, principalmente carne e cerveja. Fizemos o Bebidas Online para acabar com esse problema. Conseguimos chegar a um modelo de negócio para a bebida que a bebida fosse entregue sempre rápido e gelada. Um ótimo custo-benefício”, explica Ciro. 

O Bebidas Online está atualmente presente em 135 cidades em 20 estados brasileiros, além do Distrito Federal. E o plano de expansão continua neste ano. “Temos a vantagem de trabalhar com todas as marcas de cerveja e produtos de lojas de conveniência. Somos um app democrático também para os empresários. Qualquer empresa do ramo de bebidas que tem CNPJ pode ser parceira do Bebidas Online”, explica Gabriel. 

Ciro e Gabriel afirmam que as duas empresas têm algo em comum, que é promover o bem social. “No caso do CompreGados, é o bem-estar animal, e o Bebidas Online, para impedir a combinação de álcool e direção”, diz Ciro. 

E as metas são audaciosas. “O CompreGados é inovador, único no mercado, e queremos invadir o mundo com ele. E o Bebidas Online tem um modelo de franchising bem atraente para quem quer investir e vai brigar para ser líder de mercado”, garante Ciro.

Delivery de tudo
A expertise dos jovens empresários na criação de aplicativos levou a uma terceira startup, que acaba de ser lançada. O Papa Delivey surgiu para ser um delivery de tudo. Também no formato de franquia, assim como o Bebidas Online, o franqueado do Papa Delivery de cada região poderá definir com o que quer trabalhar.

“Muitas pessoas nos pediram um app para vender de tudo. Pensando nisso, e em como o mercado tradicional cobra taxas altas, surgiu a oportunidade de fazer o Papa Delivery”, diz Gabriel. 

O app vem com uma nova forma de monetizar, por meio de mensalidade fixa, paga pelo dono do estabelecimento ao franqueado, em vez de uma taxa (muitas vezes alta) sobre cada venda, como é de praxe em outros aplicativos.

“Se o estabelecimento vender R$ 100 mil no mês ou R$ 1 mil, ele paga a mesma taxa. Hoje muitos aplicativos cobram taxas altas do estabelecimento, e para muitos comerciantes esse impacto no faturamento fica pesado e torna a manutenção dele dentro da plataforma quase inviável. Decidimos cobrar mensalidade, que dá mais previsibilidade e segurança e para que o custo fique menor para o dono do negócio e, consequentemente, para seu consumidor final”, completa Ciro.

Números
R$ 4 bilhões
é quanto está avaliado o app CompreGados, que já movimentou mais de R$ 1,6 bilhão em negócios online

128 
É o número de franquias do app Bebidas Online já espalhadas por 20 estados do Brasil

Confira como foi nosso bate-papo com o time do Bebidas Online!

Fotos: Elton Rodrigues




Últimas Notícias sobre Consumo

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Região do bairro São Francisco lidera o ranking de Rio Preto
Ir ao Topo