Mercado




Repaginados e com a oferta de produtos premium, armazéns e empórios se reinventam


Repaginados e com a oferta de produtos premium, armazéns e empórios se reinventam para atrair uma clientela exigente

Semanalmente, a professora aposentada Marília Junqueira Pires passa pela Mar & Rio Pescados para conferir as novidades. Aposentada, tem se dedicado a cozinhar para a família agora que sua rotina não inclui mais a sala de aula e os alunos. “Você já viu a quantidade de produtos que tem? Se deixar, fico horas escolhendo ingredientes para o almoço da família”, afirma.

O empreendimento, inaugurado no fim de 2017, faz parte de um nicho que vem sendo explorado cada vez mais por empresários rio-pretenses – o de armazéns e empórios gourmet, que lembram os antigos estabelecimentos, porém, com design requintado e produtos, importados ou não, que não são encontrados facilmente nas prateleiras dos mercados tradicionais.

Segundo dados da Secretaria Municipal da Fazenda, são pelo menos oito na cidade, e todos com o mesmo foco: proporcionar uma experiência de compra diferenciada, com produtos antes só encontrados em regiões metropolitanas.

No caso da Mar & Rio, segundo o gerente Camilo Cunha Palma, a casa une os conceitos de saudabilidade, ao fomentar o consumo de peixes e frutos do mar, com a oferta de produtos gourmet e premium, além de confrarias e cursos gastronômicos semanais em parceria com a escola culinária Le Grand Chef. “O foco da empresa, antes, era exclusivamente a comercialização de pescados, bem como a importação. Porém, o mercado exigente e cada vez mais ávido por novidades colaborou para que os proprietários investissem nesse nicho”, revela.

De olho no segmento, o empresário Júlio Cesar Camasão, de 23 anos, natural de Paranaíba, viu na cidade um mercado promissor para o segmento de empórios e decidiu instalar seu armazém, o San Bentin, na Vila Imperial.

Voltado à linha de grãos a granel e saudáveis, o espaço aposta em produtos integrais, orgânicos, frutas desidratadas e castanhas banhadas em açúcar zero, sem glúten e sem lactose. Pelas gôndolas, é possível encontrar diversas marcas de kombuchas e sucos, além de extensa linha de produtos low carb. “Outro diferencial são nossas linhas de temperos a granel, temos todos, bem como produtos como xilitol, quinua, frutas desidratadas, entre outros”, explica.

Já no Empório Serra Gaúcha, localizado no Jardins de Athenas, a aposta são produtos nacionais, porém, tradicionais do Sul do País, de doces a queijos, além de embutidos como salames, copas. A casa, inaugurada em 2017, é distribuidora autorizada várias marcas de vinhos e cervejas artesanais, Casa Perini, Casa Valduga, Luiz Argenta, Marco Luigi, Leopoldina, Sud, Farrapos, além de uma marca de cosméticos que levam entre os ingredientes óleo de uvas.

“Identificamos um nicho em que não temos concorrente no estado de São Paulo, e apostamos. Hoje, nosso forte são vinhos, como Valduga e Perini, pois os sócios têm ligações diretamente com vinicultores da Serra Gaúcha. Também trabalhamos com cervejas artesanais, todas trazidas do sul do País, além de chocolates de Gramado”, diz o proprietário, César Mussi Costa.

Com o sucesso de vendas, a casa decidiu começar uma nova etapa do empreendimento, que também foi muito bem aceita pela clientela, com pratos típicos como galetos, capeletes e chuletas, servidos de quarta a sábado, no jantar, na área do restaurante.

Pioneiro no segmento em Rio Preto, o Santa Madona Armazém Gourmet abriu as portas em Rio Preto há cerca de quatro anos com a proposta de um empreendimento que resgatasse a memória afetiva da clientela remetendo aos velhos empórios e armazéns, com sacarias e produtos a granel. Da decoração ao atendimento, o cliente se sente décadas atrás no tempo.

“Até a embalagem é diferenciada, optamos por saco em papel craft, muito parecido com um de carvão”, conta o empresário Aurélio Grisi que comanda o estabelecimento ao lado da mulher, Monalisa Grisi.

Nas prateleiras, é possível encontrar de tudo um pouco – massas gourmets, queijos, frios, bebidas artesanais e vinhos de diversos lugares do mundo. Se a ideia for incrementar o cardápio com burrata ou mozzarela italiana, o Santa Madonna tem. Os antepastos, geleias e conservas também são bastante procurados.

Um dos diferenciais é a comercialização de produtos locais – dos tradicionais doces produzidos no distrito de Engenheiro Schmitt às cerâmicas culinárias produzidas pela artista local, Norma Villar e os embutidos do Nhô Butiquim. Apostar em fornecedores regionais foi uma forma, segundo Grisi, de fomentar a economia e valorizar a produção do interior paulista. "Nossos diferenciais são o sorriso e aperto de mãos que fazem parte do nosso DNA", conclui Grisi.




Últimas Notícias sobre Mercado

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Região do bairro São Francisco lidera o ranking de Rio Preto
Ir ao Topo