Consumo




Raízes nordestinas inspiram o prato do Skina do Ceará


Carne de sol, salada de maionese com mandioca e farofa nordestina. Essa é a aposta de Helder da Silva, proprietário do Skina do Ceará, para sua segunda participação no Comida di Buteco.

“Não é novidade que nosso foco é e sempre foi a culinária nordestina. Meu pai, Adonias ‘Ceará’, fundou a 1ª Casa do Norte em Rio Preto. Carregamos essa identidade e não poderíamos deixar de representar nossa tradição no concurso”, conta.

De 2020 para cá, muita coisa mudou. “Nossa estreia no Comida di Buteco influenciou de forma muito positiva o movimento do Skina. Chegaram muitos clientes novos, atraídos não só pelo petisco que criamos para a competição, mas principalmente pelo interesse na comida originária do Nordeste”, diz.


Carne de sol, salada de maionese com mandioca e farofa nordestina é o prato concorrente do Skina

Em meio à pandemia, o boteco teve de se desdobrar para não fechar as portas. “Sendo sincero, quase tivemos que fechar o Skina do Ceará. Nesse meio tempo, meu pai me auxiliou para que pudéssemos continuar funcionando”, conta.

Para driblar os efeitos que estes últimos anos causaram ao comércio local, o estabelecimento investiu na produção de marmitas. “Como só podíamos ficar no delivery, a alternativa foi desenvolver marmitas que tivessem a nossa cara. Por isso, optamos por manter as comidas típicas nordestinas. Continua sendo um sucesso”, diz o dono do boteco.

O bar é um dos oito botecos veteranos na edição do Comida di Buteco. Ao todo, 16 estabelecimentos vão participar da competição, 14 de Rio Preto e dois de Mirassol. O concurso começa no dia 8 de abril e vai até o dia 1º de maio.

Festival
Nesta edição, serão quase 800 botecos disputando a eleição do melhor estabelecimento. Ao todo 21 circuitos, distribuídos de Norte a Sul do País, vão participar da disputa. O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa e como uma real plataforma para conexão e desenvolvimento de suas marcas, realizando ações espontâneas e ambientadas em uma ocasião que faz parte da vida dos brasileiros: O BUTECO. Neste ano, são patrocinadores do evento Santander, Eisenbahn, Piraquê, Seara/Rezende/Incrível, McCain, Heinz, Chandon, Reserva 51.
 
O tema deste ano é “Buteco Vive”, que celebra a cultura e a raiz brasileira. A escolha se deve ao esforço, garra e superação que foram necessários ao comércio para se manter nos últimos anos devido à pandemia. O segmento de bares e restaurantes foi um dos mais afetados - cerca de 30% dos botecos participantes do concurso em todo o Brasil tiveram suas portas fechadas entre 2020 e 2021. 
 
Por isso que o Comida di Buteco continua firme em seu propósito de valorizar pequenos negócios e empreendedores, comercializando petiscos a um preço justo, o que permite aos clientes experimentar cada vez mais botecos por edição.
 
Na última edição, realizada em 2021, o Bar do Cidinho foi campeão do concurso, que disputou com o “costeleti de batata-doce”, uma massa de batata-doce recheada com costela, creme de milho e molho de chimichurri. 
 
História
O Comida di Buteco foi criado em 2000, em Belo Horizonte (MG), como atividade da extinta Rádio Geraes. Hoje, cobre todo o território nacional, sendo realizado simultaneamente em 21 praças e, desde 2016, elege ainda o melhor boteco do Brasil. O concurso, pioneiro no segmento, alcança todas as reuniões do país e se consolida como o maior do gênero em todo território brasileiro. 
 
Os petiscos da competição continuam com o valor fixo de R$ 27 em todo o Brasil. Os bares também poderão participar de dois desafios distintos propostos por patrocinados do evento, que é o desafio da linguiça e o da caipirinha.

Dinâmica
Neste ano, os cozinheiros dos butecos poderão usar sua criatividade sem limites para os petiscos concorrentes. Não há obrigatoriedade de ingredientes.
 
Na primeira etapa, os butecos pré-selecionados apresentam os petiscos criados especialmente para a competição. O público e um corpo de jurados visita, vota e elege o campeão, avaliando quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.
 
O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%. Na segunda etapa, em junho, uma nova comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene).
 
Cada campeão recebe três jurados. Elege-se aí o melhor buteco do brasil, que será conhecido e premiado no mês de Julho.

Serviço
Skina do Ceará
Prato participante –
Porção de carne de sol acompanhada de salada de maionese com mandioca e farofa nordestina
Endereço - R. Henrique Geraldo Franchini, 245 –Dom Lafaiete
Telefone – (17) 3363-1218
Funcionamento – Quarta a sábado: 10 às 22h a Domingo: 10h às 16h

Fotos: Elton Rodrigues

Leia mais sobre o Comida di Buteco:

Veterano no Comida, Bar do Cidinho vai tentar o pentacampeonato neste ano
Bar do Gordão estreia no Comida di Buteco com petisco à base de pernil
Música inspira nome do prato do Boteco do Lima
Receita tradicional de família é aposta do Boteco do Marcinho
Prato que valoriza raiz brasileira é aposta do Buteco Du Gaúcho
Recanto do Peixe concorre ao Comida di Buteco com ‘tilápia no espeto’
Fino Sabor investe em receita de família para o Comida di Buteco
De garçom a dono de boteco: a história do estreante Butekário Bar e Comedoria
Dok’s Fried Food quer estrear com ‘pé direito’ no Comida di Buteco
Fidélis Bar da Sombra traz receita da família para o Comida di Buteco
Veterano Gambófa volta para participar pela nona vez do Comida di Buteco
Khea Thai traz culinária típica tailandesa ao Comida di Buteco
Santo Arco busca o título de melhor boteco da região
Mix de pratos mais pedidos é a aposta do Santo Espeto Garagem
Raízes nordestinas inspiram o prato do Skina do Ceará
Sr. Pastel entra na disputa para valorizar pequenos empreendedores de Mirassol




Últimas Notícias sobre Consumo

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
Ir ao Topo