Mercado




Programa gratuito de formação em marketing digital de performance está com inscrições abertas


São Paulo, 28 de abril de 2021 - A Escola de Formação de Analistas de Marketing de Performance (EFAMAP) está com inscrições abertas até 5 de maio para a segunda turma do seu curso. Criada em 2020 por profissionais da área, tem o propósito de formar analistas de mídia de alta performance, oferecendo um curso 100% gratuito, focado em atrair um público sem experiência prévia na área e fora do mercado de trabalho. Por causa da pandemia, as aulas são online, mas sempre ao vivo.

O marketing de performance é uma estratégia do marketing digital focada em resultados a partir da análise de dados, com o objetivo de identificar se um investimento em mídias digitais trouxe retorno, por exemplo. Em um cenário de alto desemprego no Brasil, a área de marketing digital e inovação tem o privilégio de ser pouco afetada pela realidade que assola o mercado de trabalho do país. Contudo, há mais vagas disponíveis do que mão de obra qualificada.

Com vasta experiência sobre o tipo de colaborador que uma empresa procura e conhecimento das falhas da área, Henrique Russowsky, ex-Google e fundador da agência Jüssi, e Mauricio Alexandre, profissional com larga experiência técnica nas principais plataformas de mídia, tendo liderado o time de performance da agência F.Biz por seis anos, resolveram criar a EFAMAP. “Os dados mostraram que havia uma oportunidade”, afirma Russowsky.

"No universo do marketing digital existem cursos gerenciais, que têm de três a seis meses de duração, que ensinam 'um pouco de muito'. De outro lado, existem cursos mais técnicos, com escopo de conteúdo reduzido às plataformas de mídia, mas que cobrem o tema de forma muito superficial. Na EFAMAP focamos apenas no conteúdo essencial, mantendo um prazo de duração suficiente para proporcionar aprendizado prático de fato. Oferecer maior profundidade no aprendizado e desenvolver a análise crítica dos alunos leva tempo e é o que buscamos oferecer”, afirma Russowsky, ressaltando que, mais do que ensinar, a missão da escola só estará completa depois de se certificar que os alunos estão de fato aprendendo.

O curso tem 28 aulas e uma carga horária total de 70 horas, distribuídas em três meses, em turmas de, no máximo, 20 alunos. Apesar do ensino teórico, o foco do curso é oferecer um método empírico, no qual o estudante aprenda a ser um analista de marketing de performance observando e explorando casos reais de empresas do mercado.

“Não faltam ferramentas e agências no mercado, mas faltam profissionais realmente preparados para operar campanhas em marketing de performance.  E estar preparado vai além de saber a cartilha do Google e do Facebook: é preciso um olhar orientado a dados e muito critério para otimizar a partir dos resultados — e não pela opinião do chefe. Para ser bem-sucedido nessa carreira é necessário unir aspectos de comunicação com matemática — além de conseguir traduzir uma realidade técnica em linguagem que o profissional tradicional do marketing entenda. Não é fácil”, explica Alexandre.

Invertendo a lógica tradicional do mercado de educação, a EFAMAP busca se remunerar por meio de uma cobrança de taxa (fee) para empresas parceiras que se interessem pelos profissionais formados na escola. O modelo segue uma tendência crescente no mercado de tecnologia, startups e marketing digital — o education recruiting — que consiste em aproximar cada vez mais as atividades de recrutamento e formação de talentos desde a base. Na área de marketing digital, é a primeira a adotar esse modelo.

A primeira turma conclui o curso no fim de maio, com baixa taxa de desistência e empresas já interessadas na contratação de alunos. Os interessados em concorrer a uma vaga para a segunda turma podem fazer a inscrição pelo site da EFAMAP (https://www.efamap.com.br/)




Últimas Notícias sobre Mercado

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  3. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Região do bairro São Francisco lidera o ranking de Rio Preto
Ir ao Topo