Mercado




Fintech do interior paulista se transforma na ‘galinha dos ovos de ouro’ do Consórcio Magalu


Em Araçatuba, no interior paulista, está a sede da “galinha dos ovos de ouro” do Magalu. Ali fica a Citybens, fintech de soluções financeiras que há dez anos seguidos é a maior gestora de negócios do Consórcio Magalu, a divisão de crédito da gigante do varejo.

Só no ano passado, a Citybens cresceu 48% em vendas, apenas via Consórcio Magalu, uma fatia expressiva de todas as vendas geradas pela fintech em 2021, representando 4% das vendas do Consórcio, que conta com mais de 800 representantes no Brasil. 

O que diferencia a Citybens de outros parceiros Magalu é o seu modelo de negócio. Graças a um excelente histórico de performance e a uma taxa de adimplência de 98% (a maior do mercado). 

“De produtos específicos para atender projetos no agronegócio a forno crematório e construção de prédio, só a Citybens consegue vender hoje”, afirma Cristiano Marinho, diretor e fundador da empresa, que trabalhava como promoter de festas antes de começar sua trajetória no setor de consórcios e se transformar numa das maiores referências atualmente deste mercado.

Além de um time de profissionais especializados e o diferencial do atendimento humanizado e personalizado, a Citybens usa tecnologia de algoritmos para traçar análises de perfil, o que, em grande parte, explica o sucesso do modelo de negócio.

O título de Master Consórcio Magalu, nos últimos dez anos, e três prêmios Onofre Trajano, aliás, se devem também a essa particularidade da Citybens: a capacidade de gerar altas vendas “numa tacada só”, uma vez que o seu foco é a venda para empresas e não para pessoas físicas. “A nossa carteira hoje é 99% B2B e 1% varejo”, diz Cristiano, que comanda uma equipe de 32 pessoas. 

Tendência - Menos burocrático e com uma cartela de produtos e bens muito mais ampla do que a do BNDES, por exemplo, além da conhecida vantagem da ausência de cobrança de juros (num momento em que a Selic bate 12,75%), o consórcio tem se transformado numa alternativa cada vez mais utilizada pelas empresas para financiar novos negócios ou projetos, sem comprometer seu fluxo de caixa.

Em alta - O mercado de consórcios bateu recorde no ano passado. Pela primeira vez, o número de consorciados ativos ultrapassou 8 milhões, crescimento de 6,9% segundo a Abac, Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios.

No acumulado de janeiro a dezembro, foram 3,46 milhões de cotas vendidas, 14,6% superior a 2020, e R$ 222,26 bilhões em negócios, 35,8% acima dos R$ 163,63 bilhões de 2020, segundo a Abac.

Sobre a Citybens
A Citybens é uma fintech que, desde 2002, atua como um hub independente das maiores administradoras de consórcio do país. Ao longo de sua história a empresa transaciona, anualmente, R$ 500 milhões em créditos, contemplando uma média de 200 clientes por mês. A empresa utiliza a tecnologia dos algoritmos e a expertise de profissionais do segmento para oferecer os melhores cenários de contemplação segundo o perfil, a realidade financeira, o produto e o período escolhidos pelo consorciado. Para saber mais acesse www.citybens.com.br




Últimas Notícias sobre Mercado

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Rio Preto terá Festa das Nações de 16 a 18 de junho
  5. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
Ir ao Topo