Rio Preto




Conselho Afro participa da 1ª Semana da Diversidade


O Conselho Municipal Afro (CMA) de São José do Rio Preto participa da 1ª Semana da Diversidade, promovida pela Comissão de Defesa da Diversidade Sexual e de Gênero da 22ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Estão previstas oficinas, palestras, apresentações, exposições. A programação começa nesta segunda, 10/6, e segue até o sábado, 15/6, em vários lugares da cidade, como OAB Rio Preto, Sesc, Senac, entre outros.

Participam como correalizadores do evento o Sesc, Senac, Conselho Regional de Psicologia (CRP-SP), Mães pela Diversidade, Associação Brasileira Intersexo (Abrai), Coletiva Mãos Femininas, Conselho Municipal Afro, Conselho Municipal da Saúde e Conselho Municipal de Políticas Culturais.

O objetivo da 1ª Semana da Diversidade é promover o diálogo sobre a efetivação dos direitos da população LGBTQIAPN+ em Rio Preto. “A ideia é fomentar a discussão sobre a inclusão e dar continuidade nessa luta de efetivação de direitos envolvendo cada vez mais parcelas essenciais da sociedade, a fim de promover uma cidade mais justa e igualitária”, afirma a coordenadora da Comissão de Defesa da Diversidade Sexual e de Gênero, Gabriela Carolina dos Santos Pinto. A semana é uma preparação para participação na conferência estadual e na Conferência Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+, marcada para maio de 2025, além de um reforço na reivindicação para a criação do Conselho Municipal de Diversidade.

A Semana da Diversidade será aberta nesta segunda-feira, 10/6, com a 1ª Conferência Regional LGBTQIA+, das 10h às 17h, na sede da OAB. À noite, cine debate no Senac, das 19h30 às 21h, e lançamento de livro e roda de conversa intersexo promovida pela Abrai, a partir das 19h, na OAB. Na terça-feira, 11/6, estão previstas oficina Flâmulas pela Diversidade (Sesc, 19h), roda de acolhimento e vivências (OAB, 19h) e roda de conversa “O que há no (+) do LGBT? (OAB, às 21h).

Negritude

Na quarta-feira, nova edição da oficina Flâmulas pela Diversidade (Sesc, 19h), roda de conversa “Diversidade e Negritude: despertando consciências”, conduzida pelo psicólogo e conselheiro do CMA Alexandre Felipe de Oliveira (OAB, 19h), e abertura da exposição Interiores: Diversidade (Senac, 20h45).

“A Semana da Diversidade é muito importante para que a gente pense em todas as questões que envolvem a comunidade LGBTQIAPN+, para que a gente debata sobre potencialidades, sobre vulnerabilidades para, a partir disso, pensar em estratégias para combater essa vulnerabilidade social. Além disso, falar de negritude e sexualidade é falar de interseccionalidade e como todas essas questões atravessam diretamente o corpo e a vida da população negra”, afirma Alexandre. O psicólogo lembra ainda que o Brasil lidera um infeliz primeiro lugar: pelo 14º ano seguido, é o país que mais mata travestis e transexuais segundo a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra).

Encerramento

Seguindo com a programação, na quinta-feira, 13/6, estão previstas palestra sobre prevenção combinada às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) (OAB, 14h), oficina Flâmulas pela Diversidade (Sesc, 19h) e roda de conversa “População LGBTQIA+ e o Direito de Envelhecer” (subsede CRP, rua Cel. Spínola de Castro, 3.360, 19h). Na sexta-feira, roda de conversa “Educação para a Diversidade: desmistificando os pré-conceitos” (Senac, 14h30) e Anoitecer Cultural da Diversidade com o “Festival da Diversidade 'Happy Hour'”, na sede da OAB, a partir das 18h, com shows, food truck e feira das artesãs. No sábado, 15/6, festa de encerramento com programação exclusiva do Santa Loung Club, com entrada paga. Os demais eventos são gratuitos. 

Arte: Divulgação




Últimas Notícias sobre Rio Preto

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Assaí Atacadista anuncia chegada a São José do Rio Preto
  3. O sucesso da Madalê, gelateria que, desde a inauguração, registra filas de dobrar o quarteirão
  4. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
  5. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
Ir ao Topo