Rio Preto





Rio Preto recebe programa estadual Sabor São Paulo


Evento é voltado para produtores artesanais, produtores rurais, chefs de gastronomia e empresários de estabelecimentos de alimentação, como bares, restaurantes, padarias, entre outros

Nos dias 23 e 24 de fevereiro, Rio Preto entra na Rota Gastronômica ao receber o programa ‘Sabor de São Paulo’, evento que conta com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo.

O projeto da Setur-SP, em parceria com o Mundo Mesa e o Senac, teve início em julho de 2023 e já visitou quase 70 municípios com o intuito de fomentar o turismo gastronômico paulista que integra 10 Rotas Gastronômicas distribuídas por todas as regiões do interior e do litoral do Estado.

No total, o projeto impactou em 2023 cerca de 200 cidades que fazem parte de Rotas Turísticas de São Paulo e reuniu um público de mais de 3,5 mil pessoas.

“O evento é uma oportunidade para capacitar nossos produtores, fortalecer ainda mais o turismo e destacar o que Rio Preto tem de melhor no setor gastronômico”, disse o secretário de Desenvolvimento, Jorge Luís de Souza.

A programação de Rio Preto começa na sexta-feira, dia 23, com a apresentação do programa que será feita pela Christine Fuchs Grecco, Diretora Técnica da Secretaria de Turismo de e Viagens de São Paulo. Ainda neste primeiro dia de workshop, temas como cultura alimentar, normas de inspeção, fundo de expansão do Agronegócio Paulista e capacitação de mão de obra farão parte da pauta. Encerrando o primeiro dia, uma aula-show com o Chef Viko Tangoda, reconhecido nacionalmente por sua sofisticação gastronômica, versatilidade, criatividade, carisma e qualidade em servir.

O principal evento será no sábado, 24/2, quando todos participarão do Festival Gastronômico, que será aberto ao público, com comida e bebida de vários dos locais visitados para comercialização, além de apresentações musicais, das 11h às 17h, no Senac Rio Preto, localizado na rua Jorge Tibiriçá, 3518 - Vila Santa Cruz.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente até o próximo dia 16/2, pelo link: https://forms.gle/Mb3bLyxu6WhX4xrU9

Saiba mais sobre os selecionados desta 9ª etapa do Sabor de SP - São José do Rio Preto

Monte Aprazível – Rota Turística Águas, Cultura e Negócios
Sorveteria do Nêgo
Inaugurada em 1981 por Antonio Alves, o Nêgo, a clássica sorveteria está, atualmente, sob a batuta de seu filho, Evandro Alves, e a esposa, Luciana. A casa tem como especialidade sorvetes produzidos com ingredientes naturais, sem conservantes e nem aromatizantes. Entre os sabores que se revezam no freezer, destaque para goiaba, nozes, creme com pedacinhos de abacaxi e doce do Nêgo, que combina doce de leite e lascas de chocolate. Além das casquinhas e copinhos, a sorveteria oferece uma seleção de sobremesas geladas como o clássico sundae, servido na taça com frutas, chantilly, waffle, farofinha de amendoim e cereja.

Ibirá – Rota Turística Águas, Sabores e Saberes
Cachaça Duas Vilas
Instalado entre as regiões de Vila Nova e Vila Ventura (daí surgiu o nome da marca), o Engenho Sansão, responsável pela Cachaça Duas Vilas, está sob o comando de Daniel Sansão, que pertence à quarta geração de produtores de cachaça. O portifólio da marca reúne bebidas artesanais que vão desde a cachaça prata, que passa somente por tonéis de inox, até as envelhecidas em madeiras como umburana, jequitibá, carvalho e castanheira. É possível agendar visitas guiadas ao alambique. Além de produção e loja, o local conta com um salão que se transforma em boteco, onde os visitantes podem provar uma seleção de petiscos para acompanhar as bebidas produzidas ali.

Novo Horizonte – Rota Turística Águas, Sabores e Saberes
Bonani Beer
É na região central da cidade de Novo Horizonte que fica o restaurante especializado em pizzas e esfihas. Entre as sugestões elaboradas pela chef e proprietária Daniela Bonani destaca-se a esfiha de filé ao alho, feita com tiras de mignon refogado na planteiga (“manteiga” elaborada na região, pela Vateli, com palmito pupunha e castanha de caju) e requeijão cremoso. Da lista de pizzas, boa pedida é a Mafiosa, com muçarela, calabresa moída, berinjela com uva-passa, cebola e tomate.

Catanduva – Rota Turística Águas, Cultura e Negócios
Porcada do Catanho
Com ambiente despojado e mesinhas na calçada, o lugar que funciona desde 1957 ainda mantém a atmosfera de armazém de outrora – bar mesmo se tornou somente na década de 1980. Atualmente, está sob o comando de André Luís Favato, terceira geração da família, e tem como especialidade os petiscos elaborados com carne suína. Duas sugestões são a costelinha e a linguiça ardida, carregada de pimenta. Criação de Favato, o Pirulito de pancetta leva fatia de porco defumado enrolada e espetada em palito de churrasco. Chega à mesa na companhia de molho de goiabada e pimenta dedo-de-moça.

Catanduva – Rota Turística Águas, Cultura e Negócios
Jamones Salamanca
O frigorífico, que funciona desde 1968 na cidade, tem como especialidade o jamón serrano, presunto curado tipicamente espanhol. Na loja de fábrica, reinaugurada no final de 2023, é possível encontrar todos os produtos da linha. À base de pernil suíno, o jamón está disponível tanto nas versões tradicional quanto premium, com cura de 18 meses, fatiado e em peças inteiras. Outras pedidas ficam por conta da copa curada e do salame cantimpalo, ambos com um toque de páprica espanhola.

Araraquara – Rota Turística Centro Paulista
Cachaça Calabura
Desde 2003, o alambique produz uma seleção enxuta de cachaças artesanais. Além da cachaça prata, repousada por três anos em tonéis de jequitibá, a linha reúne bebidas envelhecidas em carvalho por cinco e sete anos. Há ainda cachaças saborizadas com abacaxi, jabuticaba, mel e banana, entre outras. Tudo à venda na loja de fábrica e pelo site cachacacalabura.com.br.

Pirangi – Rota Turística Águas Sertanejas
Café Empório Santo Antônio
O Café Empório Santo Antônio é tocado há 13 anos pelo casal Solange e Marcos, que transformou o posto de gasolina da Shell, datado dos anos 1920, originalmente chamado de Anglomexicano. Localizado em frente à praça da cidade e à paróquia de Santo Antônio, o lugar é nomeado em homenagem à matriz da cidade e seu padroeiro e preserva parte da estrutura a fim de unir o que é novo com o que tem história. No cardápio, um destaque é a criação que combina doce de leite e leite vaporizado com café e canela. Outro é o Pastel da Rodoviária, recheado com carne, que atrai saudosistas em busca do sabor autêntico. Há ainda sorvetes, salgados e lanches.

Bebedouro – Rota Turística Águas Sertanejas
Doces Ralston
Fundada por uma família de fazendeiros, em 1996, a empresa planta goiabas e usa a fruta, além de banana, abóbora e morango, para fazer doces em barra e em versões cremosas. Atualmente, são quatro sócios da terceira geração que comandam o lugar, todos netos de Jorge Uchôa Ralston. Fábio, Luis, Tânia e Jorge Ralston dedicam-se a manter o equilíbrio entre indústria e o mínimo impacto no meio ambiente, mantendo a fábrica sustentável desde o teto, que recolhe a água pluvial e retorna para o uso na lavoura, até a reutilização de todo o resíduo orgânico.

Bebedouro – Rota Turística Águas Sertanejas
Cervejaria Nevada
A Cervejaria Nevada nasceu em 2016, no prédio que pertencia a refinaria Americana, e preserva um balcão da antiga empresa, que foi reformado e estimado em mais de 70 anos. Com uma produção inicial de 300 litros por mês – que deve ser ampliada para 2.000 litros com novos investimentos –, inaugurou em 2021 um pub próximo ao antigo bebedouro utilizado pelos tropeiros para o gado que seguia de Jaboticabal para Barretos. A Nevada conta 29 títulos em campeonatos de cervejas, incluindo as sazonais, e opera com oito torneiras. Destaque para a Berliner Weisse Goiaba e Hibisco.

Bebedouro – Rota Turística Águas Sertanejas
SR. Cervejeiro
O Sr. Cervejeiro teve início em janeiro de 2017. Inicialmente, em parceria com um amigo que vendia pizzas, Sérgio, o proprietário, apresentava sua bebida em eventos. Hoje, num espaço próprio, tem uma carta que inclui bons drinques, como o que leva chope, gin e xarope de frutas amarelas. Um destaque na casa é o Santa Laranja, chope de laranja que é sempre servido com um docinho feito com a fruta – símbolo da cidade. É Margarida, a mãe de Sérgio, quem faz o “acompanhamento” e outras delícias a partir da casca e da polpa branca da laranja, além de geleias e brigadeiros.

Colina – Rota Turística Águas Sertanejas
Delícias Caseiras Maria José
A história da Delícias Caseiras conta 24 anos e começou com Maria José. Após deixar o Piauí e se estabelecer em Colina, a doméstica completava a renda vendendo salgados e doces caseiros pela cidade. Primeiro de bicicleta, nos anos 2000, depois, em um automóvel e, mais tarde, em sua casa. Após seis anos, a empreendedora e o filho adquiriram o ponto onde estão até hoje. Atualmente, seu cardápio reúne esfihas de carne e de coalhada que Maria aprendeu a fazer em uma das casas em que trabalhou, coxinha de frango, biscoitos e sequilhos. A padaria aceita encomendas de bolos, tortas, entre outros.

Barretos – Rota Turística Águas Sertanejas
Costela Barbecue Steak House by Chef Priscila Araújo
O restaurante, inaugurado há sete anos em outro endereço, oferece churrasco americano com o toque do interior paulista há três no Recinto de Exposição Agropecuária Paulo de Lima Correa, patrimônio tombado que também realiza rodeios e foi o primeiro local da festa do Peão do Boiadeiro de Barretos. Quem comanda a casa é Priscila Araújo, que tem diversos cursos de pit smoker na bagagem e deixou a faculdade de agronomia para estudar gastronomia e se especializar em churrasco. A chef utiliza ervas e temperos plantados em seu sítio para dar sabor à costelinha, carro-chefe em seu cardápio. A carne passa por uma defumação de seis horas e leva uma versão de molho barbecue com tamarindo, o que confere um toque mais adocicado à receita. No prato, a costela é acompanhada de batatas rústicas.

Tabapuã – Rota Turística Águas Sertanejas
Rebuá Charcutaria
A advogada, hoje charcuteira, Janaina Rebuá entrou para a gastronomia como gerente de uma padaria artesanal. Foi lá que conheceu diferentes produtos de charcuteria e resolveu estudar a fim de criar o próprio negócio. Em 2019, enquanto vendia somente para amigos e familiares, começou a se especializar. Visitou uma casa especializada em Chicago, nos Estados Unidos, por conta de uma oportunidade do Sebrae, e de volta ao Brasil, construiu em 2021 uma cozinha na propriedade da família, que já completa 116 anos. Durante a semana Janaina realiza a produção, que demora cerca de três a quatro dias para ficar pronta. Há seis sabores de linguiça, sendo a mais famosa a de goiabada com queijo coalho, além de mantas de gorgonzola, chimichurri, bacon e mussarela. A Rebuá também oferece produtos como copa lombo e lombo com casca picante, entre outros.

Nova Granada – Rota Turística Águas, Cultura e Negócios
Mavit
Embora a queijaria comandada pelo casal Juliana e Carlos Vitor Lamim Junior esteja localizada no interior paulista, o nome da marca é uma referência à terra natal de Junior, que faz parte da quarta geração de queijeiros de sua família. Os laticínios elaborados por ele seguem a linha autoral, como o queijo Onda Branca, macio e de sabor amanteigado, e o Pérola Negra, uma versão mais suave do parmesão, revestido com capa preta e com um ano de maturação.

São José do Rio Preto – Rota Turística Águas, Cultura e Negócios
Doces Caseiros Noêmia
Fundada em 1972, a fábrica familiar conta com dois empórios que vendem produtos próprios e de produtores da região. Há goiabada, doce de leite, abacaxi cristalizado, cocada, entre outros. Todos feitos com insumos locais. Quem começou o negócio, na década de 1960, foi a matriarca Noêmia. Seu marido possuía uma horta em Engenheiro Schmitt, subdistrito de São José do Rio Preto, onde os clientes iam buscar verduras e era nesse momento que sentiam o aroma dos doces feitos por ela. Desde 2010 há também produção de laticínios como ricota, queijo Minas Padrão, Minas Frescal, Frescal Temperado e Patê de Ricota.

Foto/Fonte: Prefeitura de São José do Rio Preto/Divulgação




Últimas Notícias sobre Rio Preto

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Assaí Atacadista anuncia chegada a São José do Rio Preto
  3. O sucesso da Madalê, gelateria que, desde a inauguração, registra filas de dobrar o quarteirão
  4. Laboratório HLab vai realizar testes particulares para a Covid-19
  5. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
Ir ao Topo