Rio Preto




Ciclistas fazem protesto contra casos de agressão a mulheres em trilhas rurais da região


São José do Rio Preto, 14 de maio de 2021 - Ciclistas de Rio Preto protestam, neste sábado, 15/5, contra agressões a mulheres e pedem por mais segurança em trilhas rurais da região.

A concentração será em frente ao Shopping Iguatemi, na zona sul de Rio Preto, e terá início às 7 horas, com saída prevista para às 7h30, com escolta da Polícia Militar.

Nas duas últimas semanas, pelo menos seis mulheres foram atacadas em trilhas em cidades da região de Rio Preto, como Mirassol, Monte Aprazível e Engenheiro Balduíno, por um homem que tentou violentá-las. Todas conseguiram fugir.

Nesta quinta-feira, um suspeito dos crimes, identificado a partir da chapa de um carro que estava em um dos locais dos ataques, foi detido pela polícia e levado para a carceragem da Deic, em Rio Preto.

Ciclista conta como foi ataque
Era para ser mais uma trilha de pedal tranquila, como chamam os ciclistas, mas a noite da última quarta-feira, 12/5, foi assustadora para J.E., 24 anos. Ela e mais nove mulheres, todas de um grupo de ciclismo de Rio Preto, voltavam de Mirassol por meio de uma estrada rural quando um homem encapuzado e de luvas, armado com uma faca, surgiu no escuro, do meio do canavial e a atacou.

"Foi tudo muito rápido, estavamos voltando, por volta das 20 horas, ele me deu um soco, caí da byke e ele me arrastou para o meio do canavial. Mesmo vendo que ele estava com uma faca, reagi o tempo todo, me debati muito e consegui gritar minhas amigas pedindo por socorro. Elas voltaram correndo, acho que ele se assustou e fugiu. Não vi seu rosto em nenhum momento, pois estava com uma touca tipo ninja e luvas que cobriam bem os braços", relembra, ainda assustada.

Adepta do esporte há nove meses, J. conta que entrou para o grupo por gostar de ciclismo e de atividades ao ar livre. Em grupo, com as amigas, têm como hobby realizar trilhas em toda a região. Toda quarta, o pedal é noturno. "Nunca tivemos problemas com relação à segurança, sempre foi tranquilo, nunca tinhamos ouvido nada parecido aqui na região, foi uma surpresa", relata. 

J. revela que está bem abalada psicologicamente, com medo. "Mas não vou abandonar o esporte, confio nas autoridades policiais para por um fim neste caso em breve", afirma.

A ciclista foi a sexta a ser atacada na região, em menos de dez dias. Antes dela, outras mulheres foram vítimas em trilhas rurais próximas aos municípios de Tanabi, Engenheiro Balduíno e Monte Aprazível.




Últimas Notícias sobre Rio Preto

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites

Categorias

As + Lidas

  1. Super Muffato Damha será um investimento de mais de R$ 45 milhões
  2. Postos de combustíveis estão abastecendo apenas com declaração de atividade essencial ou de servidor público
  3. Comércio e serviços poderão abrir seis horas por dia de quarta a sábado apenas
  4. Prefeitura divulga regras para reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias
  5. Região do bairro São Francisco lidera o ranking de Rio Preto
Ir ao Topo